Rotary Club de
Capanema

Jovem belga finaliza intercâmbio por meio do Rotary

Postado em: 11 de Junho de 2018 por Rotary Club de Marechal Cândido Rondon-Guarani

Em tom de despedida, a reunião do Rotary Club de Marechal Cândido Rondon Guarani foi realizada na quinta-feira (07), na Casa da Amizade. O motivo é que a intercambista, Linh Mailleu, vinda da Bélgica, retorna ao país no próximo dia 23, após 10 meses no Brasil.

Durante o intercâmbio, os participantes moram com diferentes famílias anfitriãs e estudam em escolas locais. No período, Linh, de 19 anos, morou com três famílias diferentes Elthon e Eneida Pons, Luiz Carlos Alves e Liraci S. S. Alves e, por último, na casa do companheiro Davi Zimmermann e Joise Fabiane, e estudou no Colégio Cristo Rei/Alfa.

Na noite, já com a língua portuguesa mais afiada, Linh realizou uma apresentação expondo suas impressões do país, assim como fez quando chegou à Marechal, em agosto de 2017, com uma apresentação sobre a Bélgica.

A responsável pela pasta Intercâmbio, a companheira Geovana Krause, afirma que o objetivo da reunião é que Linh apresentasse aos rotarianos a visão dela sobre o Brasil após todas as experiências vividas e ressalta que este é um dos projetos mais importantes do Rotary.

“Ela é uma ‘peça’ rara. Nos mostrou uma perspectiva tão otimista do país que muitos de nós nem enxerga dessa forma, nos fazendo perceber o quanto temos uma visão distorcida do Brasil. Destacou características que nós brasileiros deixamos passar ou não reparamos, como nossas diferenças regionais, cultura, comentou sobre a alegria que temos, a segurança na cidade, como Rondon a cativou pela geografia tendo facilidade de se locomover, numa liberdade de ir e vir, também comentou que tinha uma noção totalmente diferente do que era Rotary. Foi um momento muito especial”, menciona Geovana.

Além da família Zimmermann, as outras duas que acolheram Linh também foram convidadas a participarem da reunião. “Convidamos as famílias para que viessem e conhecessem esse ponto de vista dela. Inclusive, ela destacou a diferença dos costumes de cada família. Linh está voltando para seu país, mas com um amor muito grande por nós e vai deixar muita saudade. Vimos também como ficar longe reforça os laços familiares, ela deixou claro eu não sabia o quanto a família dela era importante. A convivência em família é fundamental.”

Para Geovana a missão de acolhê-la e mostrar um pouco mais dos costumes regionais foi realizada com êxito. “Fizemos o dever de casa, ela aprendeu bastante, conviveu, está levando uma boa impressão e está feliz pelo período que passou aqui. As famílias ficaram felizes de ver a evolução dela em tudo e principalmente na língua. Essa é uma experiência única para aprender e conhecer sobre outro país.”

Esposa do companheiro Davi, Joise Fabiane observa que essa é a quarta vez que o casal disponibiliza-se para receber intercambistas. “Não temos filhos, então é uma mistura de experiências. Conversamos muito sobre diversos assuntos, nos tornamos amigos de verdade”, menciona.

Como forma de agradecimento às famílias pela acolhida, elas foram presenteadas pelo clube com porta-retrato e uma foto de um momento juntos com a intercambista.

Curiosidades

Mandioca com bacon e queijo se tornou o prato predileto de Linh. “Como na Bélgica não há mandioca ela amou, pão de queijo também. Os bolos, comentou que aqui são mais saborosos e fofos”, conta Joise.

Ela revela que segundo Linh, também se sofre com insegurança e assaltos no país europeu. “Coisa que muitas vezes achamos que só nós vivemos.”

Intercâmbio Jovem

O Intercâmbio de Jovens promovido pelo Rotary é destinado a pessoas de 15 a 19 anos para que conheçam outras culturas, aprendam novos idiomas e ampliem seus horizontes. Os clubes de Rotary patrocinam o programa em mais de 100 países.

 

Fotos

Reuniões Quintas-Feiras | 20:00
CASA DA AMIZADE - RUA PE CIRILO,1844-B